O Currículo do Fundamental II desenvolve o conhecimento, as competências e as habilidades que precisam para participar ativa e responsavelmente em um mundo em evolução e cada vez mais inter-relacionado. Estimula a independência e apresenta as relações entre as disciplinas escolares e o mundo exterior, incentiva a se adaptarem a novas situações e combina conhecimentos relevantes, inteligência prática e social para resolver problemas sozinhos e/ou em grupos.

 

O CONTE visa preparar os alunos para os desafios enfrentados no nível do Ensino Médio. Em cada um dos quatro anos do Fundamental - Anos Finais, os alunos estudam oito disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Educação Física, Arte, Língua Inglesa e Educação Socioemocional. Também temos aulas de Música inseridas na grade curricular.

 

Oferecemos aulas de Inglês diárias dentro do currículo escolar, ministradas por professores do nosso parceiro Red Balloon, garantindo a qualidade da metodologia para os alunos do CONTE. Nas aulas de Inglês, os alunos do CONTE, além de aprender o inglês, desenvolvem outras capacidades importantes para se tornarem cidadãos ativos e se prepararem para a realidade do mundo. Nas aulas, os estudantes não são meramente ouvintes passivos, mas participantes ativos de seu desenvolvimento, o que é possível por meio da adoção de abordagens como a Cultura Maker (mão na massa), associada à abordagem interdisciplinar STEAM (que mobiliza diversas áreas do conhecimento para preparar o estudante para desenvolver soluções para problemas no mundo real). 

 

Os professores organizam seus planejamentos por meio de contextos globais (identidades e relacionamentos, orientação no espaço e no tempo, expressão pessoal e cultural, inovação científica e técnica, globalização,  sustentabilidade, justiça e desenvolvimento), para que os alunos aprendam e dêem significado a cada área temática.

 

Uma parte única do programa é o Programa Semente, que ajuda os alunos a desenvolverem as seguintes habilidades: sentir empatia pelos outros, fazer pequenas mudanças em seu comportamento, empreender projetos de serviço maiores e mais significativos, agir por conta própria e agir de forma colaborativa.

 

Os alunos se tornam mais conscientes de seus próprios pontos fortes e áreas de crescimento; assumem desafios que desenvolvem novas habilidades; discutem, avaliam e planejam atividades iniciadas entre eles; perseveram na ação; trabalham em colaboração com outros e consideram as implicações éticas de suas ações.